DIARIO


















   
Brasil, 14/09/2019

A linguagem da superfície é “aparecer”. Todos querem aparecer de alguma maneira. Na superfície não há originalidade. A originalidade vive “dentro". No fora só há imitação. Nesse sentido, somos basicamente macacos, não atingimos o processo evolutivo ainda. Sim, você pode imitar, mas é patético desperdiçar uma energia incrivelmente rica com imitações. Vibre o mais dentro de si e não terá como imitar. Sentar como um buda de pedra não faz de você um buda. Trace um diálogo íntimo consigo e tente reorganizar certas coisas que são vistas como parâmetros pétreos do seu condicionamento – ou, melhor dito, do condicionamento que habita você. Você não é quem você pensa que é. E, em algum momento, vai ter que questionar isso. Quem é você?

Satyaprem



Retiro da Primavera
09 a 13 de outubro de 2019
Sítio Leela - Osório/RS


Fotos . São Paulo e Chile . Winter . 2019

Facebook


SítioLeela 2019    


Leelahouse © 2019 | All rights reserved